Diretrizes

siron dry deluge testing guidelines hse logo

HSE

A tecnologia de Ensaio de Dilúvio a Seco SIRON está em conformidade com a Seção 10.2.1.4 do HSE e permite a definição de outros intervalos de manutenção dependendo dos resultados da inspeção visual e dos testes operacionais (Laboratório de Saúde e Segurança, Relatório de Pesquisa RR1046).

siron dry deluge testing guidelines norsok logo

NORSOK standard

O Ensaio de Dilúvio a Seco também está em linha com as normas NORSOK; se os intervalos para o ensaio no molhado em escala total de instalações em materiais resistentes a água do mar fornecerem dois resultados com sucesso independentes, o intervalo pode aumentar até um máximo de seis anos (diretrizes norueguesas recomendadas em relação ao Petróleo e Gás #075 para sistemas contra incêndios à base de água).

siron dry deluge testing guidelines nfpa logo

NFPA

O Ensaio de Dilúvio a Seco também está de acordo com as seguintes Normas NFPA.

NFPA 25, Parágrafo 11.3.2.3
Onde a descarga de dispositivos de descarga do sistema pode criar uma condição perigosa ou conflito com os requisitos locais, deve ser permitido um método alternativo aprovado para conseguir condições de fluxo plenas. (Teste de Fluxo Total a obter através de um Coletor de Teste e os testes devem ser realizados para garantir que o(s) sistema(s) de espuma/água responde(m) conforme designado, automaticamente e manualmente.)

Quando os bicos do método no molhado ou alternativo devem ser sempre verificados:

NFPA 25, Parágrafo 11.3.2.6.1
Os padrões de descarga de todos os dispositivos de pulverização abertos devem ser observados para garantir que os padrões não são impedidos por:

  1. dispositos de descarga bloqueados, e para garantir que:
  2. os dispositivos de descarga são posicionados corretamente e que:
  3. as obstruções não evitam que os padrões de descarga cubram as superfícies a proteger.

NFPA 25, Parágrafo 11.3.2.6.2
Onde ocorrerem obstruções, os dispositivos de descarga e tubulação devem ser limpos e o sistema novamente testado.

siron dry deluge testing bureau veritas guidelines

Certificado pelo Bureau Veritas

A tecnologia do Dry Deluge Test SIRON recebeu um certificado sobre seu desempenho, conforme ditado pela NFPA. Este certificado é emitido pelo Bureau Veritas (com a designação “Unidade de Produção de Vapor” visa o gerador de vapor SIRON patenteado):

Cert. Nº 15ABD11103 Rev. 0

No certificado de águas límpidas o Bureau Veritas escreve:
A Unidade de Produção de Vapor de 240v SIRON é adequada à finalidade e se for operada de acordo com QA 021 Rev 01 – Norma de Desempenho para o ensaio a seco de sistemas de dilúvio com a utilização da Unidade de Produção de Vapor de 240 V SIRON. 

O relatório de inspeção 15ABD11049 Rev A do Bureau Veritas também permite a utilização da Unidade de Produção de Vapor de 110 V SIRON desde que a unidade seja operada de acordo com QA 021 Rev 01.

O uso correto do gerador de vapor SIRON patenteado identificará os seguintes modos de falha do sistema de dilúvio

siron dry deluge testing bureau veritas Partial deluge nozzle blockage guidelines

Bloqueio de bico de dilúvio parcial

siron dry deluge testing bureau veritas Full deluge nozzle blockage guidelines

Bloqueio de bico de dilúvio total

siron dry deluge testing bureau veritas Full deluge pipework blockage guidelines

Bloqueio de tubulação de dilúvio total

siron dry deluge testing bureau veritas damaged Partial deluge pipework blockage guidelines

Bloqueio de tubulação de dilúvio parcial

siron dry deluge testing bureau veritas damaged deluge nozzle guidelines

Bico de dilúvio danificado

siron dry deluge testing guidelines water traps in low points of pipe work guidelines

Coletores de água em pontos baixos da tubulação

Não hesite em nos contactar a qualquer momento

Don’t hesitate tocontact us any time